terça-feira, março 27

Amanhece Terça

Caneca de café fumegando, passeio pelo quintal
Sol estende braços de luz em direção a azul/céu
Brisa ainda fria/matinal

Sobre a mesa filhotes em seu primeiro amanhecer só
Em olhos espertos ainda paira infantil véu
Aproximo, elas, sem receios, tamanha pureza de fazer dó

Tomara que sobrevivam ao primeiro amanhecer,
Assim da vida podem algo esperar e, em pleno voar
admirar um vindouro entardecer





4 comentários:

Clarice Villac disse...

Desejo tudo de bom pra esses filhotes !

w h stutz disse...

Continuam lá na varanda firmes e fortes. Não ligam para nosso movimento, fomos adotados.
Estamos tentando protegê-los de gatos, bicho felizmente tem poucos por essas bandas, mas contam mesmo é com a própria sorte.

Clarice Villac disse...

E cadê os pais pássaros deles ?
Tomara que também estejam por perto !

E como é tudo lindo quando os animais podem confiar nas pessoas ! é o que deveria ser sempre, né.

w h stutz disse...

Os pais estão observando de longe, hoje depois do almoço voaram longe. Agorinha, fui ao quintal e lá estavam as duas deitadinhas em um banco de madeira. Gostaram.