terça-feira, junho 30

Surreal


E eu que achava que coisas assim só existiam agora nos livros. Negra história da América latina.
De repente, de salto saem de estantes empoeiradas, fantasmas rotos, carcomidos de ódio represado. Espectros humanos, rascunhos indignos e voltam a mostrar suas garras afiadas, resultado de longa espera. Gestação de ódio. Repugnante.
Democracia sempre!

Um comentário:

LILLYANDO disse...

Fardado, o sábio...repito. Verdade grande!